Como criar um curso online: GUIA PRÁTICO

In Artigos, Profissional Autônomo by Camila Hezel0 Comments

Se você é professor autônomo ou busca formas de ganhar dinheiro na internet, criar um curso online é uma ótima opção e com um mercado em crescente expansão! Siga nosso Guia Prático para lançar seu primeiro curso online!

Criar um curso online é uma opção de renda para muitas pessoas que buscam oportunidade de ganhar dinheiro pela internet. Ai ai … A internet… Essa ferramenta incrível que permite o compartilhamento e difusão de informações para tantas pessoas! Só que ao mesmo tempo vivemos em uma época que o conhecimento especializado é difícil de encontrar, mas é muito importante para o mercado de trabalho.

Surge então a oportunidade para quem têm esse conhecimento especializado de ensinar e ganhar dinheiro online, além de poder trabalhar em casa!

Criamos um guia passo-a-passo rápido para te ajudar a lançar seu primeiro curso online!

Considere suas habilidades

Aprendemos mais quando nos emocionamos, para isso o professor precisa não só entender do assunto mas também saber passar essa emoção para seus alunos.

Por isso antes mesmo de começar a pensar no seu curso, faça um exercício reflexivo sobre quais são suas habilidades e paixões. O que gostaria de compartilhar com o mundo?

Encontre um segmento

Criar um curso online sobre um assunto amplo como “Gestão de empresas”, por exemplo, pode ser uma linha de conhecimento muito vaga, que além de ter mais concorrência, deixa mais difícil chamar atenção dos alunos para o conteúdo.

Para se diferenciar escolha um segmento específico de mercado e vire um expert no assunto!

No exemplo usado acima uma segmentação possível seria “Gestão Financeira para consultórios odontológicos”, ou até mesmo “Gestão Online de equipes remotas”.

Identifique um nicho com o qual você tenha intimidade, fácil acesso ou que tenha um potencial pouco explorado.

Dica: Uma ferramenta interessante para procurar por nichos em crescimento é o Google Trends.

Faça uma pesquisa com seu público alvo

Validação. Já ouviu essa palavra? Muito comum no ambiente de empresas de tecnologia, é uma etapa importante no lançamento de um negócio. É quando se busca validar se existe mercado para o produto ou serviço e se esse mercado está disposto a pagar por isso.

Vá atrás do seu público (Amigavelmente… nada de stalkear as pessoas, combinado?). Converse sobre os problemas que eles têm para ter acesso ao conteúdo que será oferecido, quais são suas dores, o que eles estão dispostos a fazer e gastar para ter esse acesso.

Essa pesquisa também vai te fazer esbarrar nos concorrentes. Antes de tudo avalie quem são eles, e como seu curso pode se diferenciar. Se organizar direitinho tem espaço para todo mundo!

Escolha o formato do seu curso

Infopruduto é uma palavra que está na moda para falar de produtos digitais. Existem algumas opções que podem ser usadas como formato do seu curso:

  • E-book
  • Vídeo aulas
  • Screencasts (Aquele pessoal que filma a tela do computador para que os outros possam aprender vendo certinho onde ele clica e o que ele faz)
  • Audiobooks/Podcasts (Parece que todo mundo anda correndo contra o tempo, por isso a opção de conteúdo em áudio está sendo cada vez mais usada).
  • Assinatura mensal
  • Mentoria (Que é um serviço educacional personalizado que também pode ser oferecido online)

Na hora de criar um curso online identifique qual a afinidade do seu público com tecnologia e formatos de aprendizagem, devido a essas possíveis barreiras adeque seu conteúdo para a necessidade deles.

Dica: X-mind ou MindMeister são aplicativos que podem ajudar a desenhar seu curso.

Tenha em mente:

  • Quais são os principais objetivos do curso.
  • Começo, meio e fim. Qual será a evolução do aluno ao decorrer do conteúdo.
  • Se cabe separar módulos do básico ao avançado.
  • Serão aplicados provas ou exercícios para acompanhamento dos alunos? Como isso será enviado e corrigido?

Dica: Use e abuse do Google Drive para armazenar seus rascunhos de aulas, documentos e formulários.

Baseado no desenho inicial da estrutura do curso escreva o roteiro de cada aula. Faça revisões para tornar seu conteúdo claro além de usar uma linguagem adequada ao público.

Produza seu conteúdo

Luz, câmera, ação!

Com o roteiro das aulas em mãos finalmente é hora de preparar os vídeos! Uhuull!

Com um bom celular já é possível fazer vídeos de qualidade para internet, então como aqui a intenção é validar rapidamente o potencial de seu curso, pode começar com o celular mesmo e com o tempo comprar equipamentos para tornar seu negócio mais profissional!

“Se você não tem vergonha do seu primeiro protótipo, é porque demorou muito para lançar”

Hora de brincar de recortar e colar: Para edição dos seus vídeos existem opções gratuitas como Movie maker, Wondershare Filmora e Shotcut.

Ofereça materiais de apoio

Seus alunos precisam da confiança de que aprenderam o conteúdo e finalmente conseguem aplicar na prática, por isso materiais de apoio podem ajudar, além de contar como um bônus que vai diferenciar seu negócio.

Pense em planilhas, check list, templates, formulários ou até um guia de acompanhamento para que seu aluno possa baixar e seguir junto com o curso.

Leia também: Como atrair mais alunos para sua escola.

Colocando o curso no ar

A ideia é diminuir seu trabalho para que o foco possa ser todo na criação do conteúdo. Ao invés de precisar desenvolver uma plataforma própria para seus cursos, uma saída é escolher uma hospedagem em uma plataforma de cursos, como a Hotmart.

Facilite o pagamento dos seus alunos por boleto bancário ou cartão de crédito fazendo a integração com a JUNO!

 Propaganda é a alma do negócio!

Tudo pronto! Agora que você terminou de criar um curso online, só falta espalhar a notícia!

Aqui caberia um outro post só sobre marketing digital voltado para cursos online, quem sabe a gente publica logo 😉 Fica esperto!

Leia também: Marketing de referência na sua escola. O que é e qual a melhor estratégia. 

Aqui vão algumas dicas rápidas para serem seguidas para conseguir sua primeira turma:

  • Volte naqueles clientes que demonstraram interesse durante sua pesquisa.
  • Use as redes sociais para criar autoridade e divulgar seus serviços
  • Invista no Google para busca de palavras chave, se as pessoas estão precisando do que você tem a oferecer, eles precisam te encontrar.
  • Crie um programa de indicação para que seus alunos tragam mais alunos.

PRONTO! Você conseguiu criar um curso online! Primeiro de muitos! Agora é focar na melhoria de conteúdo e atração de clientes!

Tem alguma sugestão de conteúdo pra gente? Só falar!

Deixe um comentário