Dicas para quem quer se tornar provedor de internet

In Artigos by Luiza Marques0 Comments

Pense em nome de provedor de internet. Pensou? Provavelmente os provedores que vieram na sua cabeça logo de cara foram os gigantes, como Oi, Embratel, GVT, etc. Apesar de serem muito famosas, essas empresas não são as únicas a levar a internet para a população brasileira! No país, temos mais de dois mil provedores de internet licenciados, sendo que 78% deles enquadram-se no Simples.

A tendência é que esse número cresça, pois cada vez mais pessoas estão pensando em abrir empresas provedoras de internet.

Você tem vontade de começar a trabalhar nessa área? Então olha só alguns pontos que merecem a sua atenção:
Abrir a empresa

Uma das primeiras coisas que você precisará fazer é abrir uma empresa. Com o auxílio de startups como a Contabilizei, por exemplo, esse processo pode ser bem simples.

Regularizar-se

Para trabalhar como provedor de internet você precisa regularizar-se em diversos órgãos, como na prefeitura e na Anatel, obtendo a sua licença de Serviço de Comunicação Multimídia (SCM). Aqui vai uma atenção especial: trabalhar sem licença é crime!

Ao credenciar-se, você terá que pagar uma taxa, que varia de acordo com a quantidade de assinantes do seu serviço. Para empresas que atendem até cinco mil clientes esse valor é de R$400. Já para as empresas maiores, que têm mais de cinco mil assinantes, esse valor vai para R$9.000,00. Vale lembrar que esse valor torna-se pequeno se você dividir pela quantidade de clientes atendidos.

Equipamentos necessários

O próximo passo, após o seu negócio estar devidamente regularizado, é garantir todos os equipamentos necessários. É aqui que muitas pessoas acabam desistindo, por conta do custo. Você precisará da estrutura de rede, link dedicado (que vem de empresas como a GVT ou Embratel, por exemplo), aluguel de postes com a prefeitura, etc. Existe uma série de fóruns na internet que compartilham em detalhes quais são os gastos para essa fase.

Lembre-se de que todo empreendimento tem um custo inicial e que é natural que o retorno demore um tempinho para chegar. Vale fazer um planejamento detalhado e uma boa pesquisa de campo para identificar quanto tempo demoraria para a sua empresa começar a lucrar.

Foco em uma região específica

Uma abordagem muito inteligente adotada por provedores de internet é focar em áreas específicas e ampliar a abrangência aos poucos. Dessa maneira, você otimiza os seus custos e consegue criar uma relevância na região.

Antes de decidir em qual bairro/ cidade você atuará, leve em consideração se eles contam com outros provedores de internet. Se sim, veja se vale a pena entrar numa competição para conseguir clientes. Veja também se essa região conta com a estrutura necessária (postes e torres, por exemplo). Por fim, avalie as condições climáticas do local. O clima pode interferir na qualidade do seu sinal, fazendo com que o seu serviço não seja tão bom. Nesse caso, vale escolher uma região que não te trará problemas!

Como competir com os grandes provedores?

A dica para quem deseja começar a trabalhar como provedor de internet e competir com as grandes companhias é diferenciar-se. Você precisa mostrar para o consumidor que, mesmo com uma série de empresas muito maiores no mercado, você é a melhor alternativa. Existem dois fatores principais que podem te diferenciar dos gigantes: preço e atendimento. Dependendo do seu público-alvo, o preço será fundamental na hora em que ele for escolher o provedor de internet. Na hora de precificar, leve isso em consideração!

Já o atendimento é, sem dúvidas, o seu maior diferencial competitivo. As grandes provedoras de internet, juntamente com as empresas de telefonia, são as que mais acumulam reclamações dos consumidores. Isso porque não entregam o que prometem e também têm um esquema muito difícil de comunicação com o cliente (que acaba tendo que falar com uma máquina antes de ser atendido por um humano).

O fato de ser menor permite que a sua empresa se destaque muito pelo atendimento ao consumidor!

. . .

Você pretende trabalhar como provedor de internet? Então participe da live que faremos no dia 5 de fevereiro, às 19h, sobre o assunto. Contaremos com a participação de Mauro Ransolin, criador da ACD Telecom, que vai compartilhar dicas para quem deseja empreender nessa área. Clique aqui para saber mais.

Deixe um comentário