Você é prestador de serviços? Profissionalize o seu negócio!

In Empreendedorismo by Boleto Fácil1 Comment

Entre os maiores problemas que os prestadores de serviços enfrentam, estão a ausência de alguns benefícios. Por exemplo, como impossibilidade para emitir documentos e a falta de confiança de clientes, fornecedores e investidores. E isso com certeza, pode prejudicar você na hora de fechar algum negócio. Principalmente, porque muitas pessoas acham que um autônomo ou freelancer não oferece um trabalho realmente profissional.

É claro que as primeiras soluções são posicionar a sua empresa no mercado, ter uma abordagem adequada e mostrar a marca aos clientes. Mas isso é só o começo! Profissionalizar seu negócio exige uma boa noção de administração, cuidado com as finanças e estratégias eficientes de marketing. Quer saber como correr atrás de tudo isso e aproveitar 2017 para se organizar, garantir direitos trabalhistas, oferecer novos benefícios aos clientes e se destacar entre a concorrência? Confira essas dicas:

Tenha um site

O site é um canal obrigatório para qualquer empresa. Ele é o local que reúne todas as informações, do histórico aos dados de contato atualizados. Para profissionalizar o site da sua marca, compre um domínio próprio (que deixa os clientes mais confiantes para acessar), invista em um design de qualidade. O mesmo deve ser elegante, responsivo e conversar com o perfil do público. Alimente sua página com bom conteúdo, contando a história da marca e, principalmente, destacando o seu portfolio. Coloque listas de serviços, fotos e depoimentos dos clientes. Além disso, capriche no SEO de todos os textos do site, para deixá-lo bem posicionado nos mecanismos de busca e levar novos consumidores até você.

Aposte em bom conteúdo nas redes

As redes sociais trazem facilidade, proximidade e feedbacks rápidos para qualquer empresa! Descubra em quais redes o seu público está e utilize esses canais para conversar diretamente com as pessoas. Tire dúvidas e resolva pequenos problemas. Uma boa dica de conteúdo também é fazer pesquisas para saber do que seu público gosta. E então, publicar boas fotos, trazer notícias do mercado e oferecer dicas para otimizar a rotina. Lembre-se que, nas redes, quanto mais pessoas comentarem, compartilharem e interagirem com os seus posts, mais consumidores podem se interessar pelos serviços da marca.

Crie um CNPJ

O Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas facilita os processos da empresa com o governo e permite que você atue de maneira regularizada. Para quem trabalha por conta própria, inscrever-se como MEI (Microempreendedor Individual) é uma forma de obter o CNPJ. Além do mais, você é enquadrado no Simples Nacional sem pagar taxas muito altas. Isso facilita a abertura de contas, pedidos de empréstimos e emissão de Nota Fiscal – um elemento fundamental para qualquer negócio. Fique atento: sem a NF, muitas empresas e profissionais freelancer acabam perdendo clientes por parecerem pouco profissionais na hora de validar a contratação do serviço.

Tenha uma conta jurídica

Abrir uma conta exclusiva da empresa, com um cartão de crédito corporativo para emergências, deixa as finanças mais claras e organizadas. Mesmo que você seja o único a movimentar o caixa, a conta jurídica é necessária para que você possa ter mais segurança e evitar que seus gastos e lucros pessoais se misturem aos valores da empresa.

Faça cobranças por boleto bancário

Ao utilizar boleto bancário para a cobrança dos serviços, você oferece mais praticidade ao cliente – que pode realizar o pagamento em qualquer banco e até mesmo pela internet – e para você, que consegue acompanhar os pagamentos e organizar o que entra em caixa. Aqui no Boleto Fácil você pode oferecer cobranças parceladas, definir os juros do seu jeito e colocar a logo da empresa nas faturas, deixando o processo muito mais profissional. Além disso, pode anexar a nota fiscal diretamente na fatura, bem como criar cobranças recorrentes, facilitando a sua rotina de prestador de serviços! Cadastre-se ainda hoje no Boleto Fácil clicando aqui.

Você trabalha com prestação de serviços? Tem alguma dica para profissionalizar o negócio? Deixe um comentário!